Importância do Enxoval em um Empreendimento Hoteleiro

Não é de se admirar que o hóspede tenha uma expectativa com relação ao enxoval que irá utilizar ao hospedar-se em um hotel. Higiene, nesse caso, é elementar.

Além dela, a qualidade do enxoval, o toque, o cheiro e a apresentação têm a capacidade de tornar a estadia mais agradável e ampliar a sensação de satisfação.

Para atingir esse objetivo, é necessário observar alguns pontos. O gestor hoteleiro deve estar atento a todos eles.

O Dimensionamento do Enxoval

É impossível alcançar uma boa qualidade de enxoval sem o número correto de trocas. Uma troca completa de enxoval representa a quantidade necessária para “vestir” todo o equipamento hoteleiro. Ela deve ser dimensionada com a quantidade máxima de ocupação, incluindo, inclusive, as camas extras do empreendimento.

Para os lençóis, fronhas e demais itens de cama, deve-se dimensionar, no mínimo, três trocas completas. Em se tratando de felpas (toalhas), quatro trocas. Uma atenção especial deve ser dada às toalhas de piscina. Há de se apurar o uso para cada empreendimento tendo em vista que as características podem variar muito. Hotéis de lazer à beira de praia têm uso intensivo desse item. Hotéis executivos praticamente não têm demanda.

O correto dimensionamento permite o “descanso” das fibras, prolongando sua vida útil. Pode parecer bobagem, mais isso faz toda a diferença. Pode acreditar! A aparência do enxoval permanece melhor com o passar dos anos.

A Política de Reposição do Enxoval

Apenas a compra do enxoval adequado à necessidade do empreendimento não basta. A reposição do enxoval desgastado e das perdas deve fazer parte do trabalho diário da gestão hoteleira.

Os inventários precisam ser realizados, ao menos, uma vez por mês. Nesse momento, deve ser avaliada a reposição de peças desgastadas (em fim de vida útil) e, também, a reposição de peças faltantes. O trabalho é bem grande, porém fundamental para o bom andamento da operação hoteleira.

Há sistemas de controle de enxoval que podem facilitar muito esse trabalho. O controle de enxoval por código de barras, por exemplo, automatiza todo esse processo. O inventário é disponibilizado instantaneamente e está ao alcance de um click!

A Política de Compra do Enxoval

O preço não pode ser o único critério para a escolha do enxoval. É preciso levar em conta as características do empreendimento, a exigência do público ao que o hotel se destina, a durabilidade, a quantidade de fios, a composição e... ahhhhhh, o preço!

É bom fazer um comparativo dos fornecedores. Há diferenças nos produtos que podem representar um aumento de vida útil. Isso influi diretamente no custo final.

A Escolha da Lavanderia

É incrível dizer isso, mas poucos gestores conhecem a lavanderia que higieniza as roupas do seu hotel! Verdade. Se você que está lendo esse blog é gestor hoteleiro e já visitou a lavanderia que lhe fornece serviço, saiba que você é um dos poucos. Viu!?

Isso faz toda a diferença! Uma simples olhada pode lhe dar uma boa ideia de como esse processo ocorre.
O cuidado químico, as instalações, os equipamentos utilizados e a equipe do prestador de serviços precisam estar em sintonia. Há um trabalho técnico enorme por traz da higienização têxtil profissional.

Normalmente, preços muito baixos podem representar um enorme custo final e muita dor de cabeça! Fique atento. Faça pesquisa, escute os clientes do fornecedor e não abra mão de uma visita antes de fechar negócio.

Endereço

  • Rua Gal. Gustavo Cordeiro de Faria, 99

  • Ribeira – Natal, RN

  • CEP: 59012-570

Contatos

Todos os Direitos Reservados